Os tipos de pele mais populares da Hermès e como cuidar de cada uma

A Hermès é sinónimo de alta qualidade, utilizando principalmente pele "full grain", que preserva a camada superior da pele para durabilidade e uma aparência natural. Este compromisso com a qualidade resultou no uso de uma variedade de tipos de pele, alguns dos quais são agora raros e muito procurados. Nestas variedades poderá encontrar as malas mais populares da marca, como a Birkin, Kelly e Constance - frequentemente abreviadas como BKC - particularmente relevantes, dominando os mercados de leilões e revenda de malas.

Os 11 principais tipos de pele da Hermès e como cuidar de cada um

 

1. Pele Togo

Conhecida pela sua textura macia e granulada, o pele Togo é conhecida pela sua durabilidade e propriedades leves em comparação com outros grãos. Com o tempo desenvolve um ligeiro brilho com o uso, realçando a uma sensação de suavidade. Na Ownever, recomendamos limpeza e condicionamento regulares para manter a sua resistência, especialmente contra arranhões e danos causados pela água.

2. Pele Epsom

Reconhecido pela sua natureza rígida e durável, o pele Epsom apresenta um grão fino entrecruzado. A sua capacidade de reter cores vibrantes faz dela uma favorita para as malas da Hermès.

3. Pele Clemence

Semelhante à Togo, mas com uma sensação mais macia e pesada, a Clemence é propensa a deformações e mostra menos veios. Esta pele requer um manuseamento cuidadoso para conseguir manter a sua estrutura. É importante que preserve uma mala criada com esta pele bem acondicionada e sempre com uma estrutura interna que não a permita deformar.

4. Pele box

Como um dos tipos de pele mais antigos usados pela Hermès, a pele Box é valorizada pelo seu acabamento liso e capacidade de desenvolver uma rica patina ao longo do tempo.

5. Pele Swift

Esta pele mais recente é apreciada pela sua suavidade e capacidade de absorver cores ricas, tornando-a ideal para malas de cores vibrantes.

6. Pele Sikkim

Esta pele é conhecida pela sua suavidade e sensação quase amanteigada. É mais leve que outras peles da Hermès, tornando-a adequada para acessórios menores e malas que beneficiam de uma estrutura mais delicada e flexível.

7. Couro Fjord

Durável e pesada, a pele Fjord é resistente à água e tem uma superfície texturada substancial que a torna resistente a arranhões.

8. Pele Barenia

A pele mais cara usada pela Hermès. Inicialmente usada para as selas da Hermès, a Barenia é uma pele de bezerro de grão natural liso que é resistente à água e arranhões.

9. Pele Gulliver

Conhecida pela sua textura suave e acabamento fosco, a pele Gulliver é macia e leve, mas menos comum hoje em dia, pois foi em grande parte substituída pela pele Swift.

10. Couro Vache Liègee

A mais pesada das peles da Hermès, a Vache Liegee tem um grão mais pronunciado e é extremamente durável, tornando-a menos propensa a arranhões.

11. Pele Chèvre

A pele Chèvre, feita de pele de cabra, é menos comum, mas muito apreciada pela sua textura e brilho. Apresenta um padrão de espinha notável e é frequentemente usado em itens pequenos e altamente colecionáveis, como a Mini Kelly.

 

 

 

 

Compromisso da Ownever

Na Ownever, compreendemos o valor intrínseco e as complexidades das peles da Hermès. Se está à procura de restaurar uma peça vintage ou manter uma compra recente, a nossa equipa está equipada com a experiência para proporcionar o mais alto nível de cuidado.  Com o nosso serviço de recolha e entrega em toda a Europa, a Ownever facilita a manutenção da sua mala Hermès em condição imaculada. 

 

Para mais informações ou para agendar um serviço, visite Ownever. Permita-nos ajudar a preservar a beleza e a longevidade dos seus itens precisos da Hermès. 

Carrinho de compras

Todo o estoque disponível está no carrinho

Seu carrinho está vazio.

x